sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

A origem do @

De onde vem o misterioso sinal @, a que os portugueses chamam «arroba», os norte-americanos e ingleses «at», os italianos «chiocciola» (caracol) e os franceses «arobase»?
Porque razão foi ele escolhido para os endereços de correio electrónico? Na verdade, não conhecemos ao certo a origem deste misterioso símbolo. Nem estávamos preocupados com o problema, até que ele começou a entrar no nosso dia-a-dia e foi preciso arranjar-lhe uma designação.

A princípio, os portugueses chamavam-lhe «caracol», «macaco» ou outro nome claramente inventado. Depois, houve quem reparasse que a Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira dizia tratar-se do símbolo de arroba, pelo que esse nome pegou.

Que terá a arroba a ver com esse sinal? Não se sabe ao certo, mas há pouco mais de um ano, o investigador italiano Giorgio Stabile, descobriu um documento veneziano datado de 1536 onde esse símbolo aparecia.

Estava aí a representar ânforas, utilizadas como unidades de peso e volume. Posteriormente, num vocabulário Latim-Espanhol de 1492, Stabile encontrou o termo «arroba» como tradução castelhana do latim «amphora». A ânfora e a arroba, concluiu o investigador italiano, estariam na origem da estranha letra retorcida.

Igreja de S. Francisco em Extremoz.
No século XVII o mesmo símbolo reapareceu, mas com outro significado. Utilizava-se para abreviar a preposição latina «ad», que significa «para», «em», «a», e que se usava para introduzir os destinatários das missivas. Condensava-se o «a» e o «d», num único carácter. É a chamada ligatura. O dicionário brasileiro Aurélio diz que ligatura é a «reunião, num só tipo, de duas ou mais letras ligadas entre si, por constituírem encontro frequente numa língua». Nesse mesmo dicionário da língua portuguesa confirma-se o símbolo @ como abreviatura de arroba.

O misterioso @ continuou a ser utilizado até ao século XIX, altura em que aparecia nos documentos comerciais. Em inglês lia-se e lê-se «at», significando «em» ou «a». Quem percorra as bancas de fruta ou os mercados de rua norte-americanos vê-o frequentemente. Os vendedores escreviam e continuam a escrever «@ $2» para significar que as azeitonas se vendem a dois dólares (cada libra, subentenda-se). Para eles não se trata de nenhuma moda: sempre viram aquele símbolo como a contracção das letras de «at».

«1696, Fevereiro 8, Porto - Carta do Provedor e Irmãos da Misericórdia do Porto para o Bispo do Porto, D. João de Sousa». Biblioteca Pública da Ajuda, Cota: BPA, 54-VIII-5, N.º 98b (cortesia de Vasco J.R. Silva).
Quando o correio electrónico foi inventado, o engenheiro Ray Tomlinson, o primeiro a enviar uma mensagem entre utilizadores de computadores diferentes, precisou de encontrar um símbolo que separasse o nome do utilizador do da máquina em que este tinha a sua caixa de correio. Não queria utilizar uma letra que pudesse fazer parte de um nome próprio, pois isso seria muito confuso. Conforme explicou posteriormente, «hesitei apenas durante uns 30 ou 40 segundos... o sinal @ fazia todo o sentido». Estava-se em 1971 e esses 30 ou 40 segundos fizeram história, mas criaram um problema para os países não anglo-saxónicos. Não foi só nos teclados, foi também na língua.
Fonte: Instituto Camões, Nuno Crato

1 comentário:

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA disse...

Estimada Amiga e Ilustre Romancista Irene Abreu,
@ em informática significa "em/at" e é o símbolo de endereço. @ (que se lê arroba) é um dos símbolos localizado na tecla do número 2 . O significado em português assumiu o "arroba" por uma confusão de conceitos ocorrida há muito tempo.[1]

"At" em inglês significa "em a"/"em o", ou "na"/"no". Assim, os endereços de correio eletrônico significam, por exemplo:

fulano.de.tal@google.com — usuário fulano.de.tal no domínio google.com
beltrano@wikipedia.com — usuário beltrano no domínio wikipedia.com
O @ é um dos caracteres especiais do conjunto ASCII que se tornou padrão nos teclados dos computadores, programas e em transmissão de mensagens pessoais.

Em julho de 1972, quando as especificações do FTP estavam sendo escritas, alguém sugeriu a inclusão de alguns programas de e-mail escritos por Ray Tomlinson, um engenheiro da Bolt Beranek and Newman, que trabalhava no projeto ARPANET, o precursor da Internet. Em seu livro, Where Wizards Stay Up, mais tarde, Katie Hafner e Matthew Lyon descreveram como o símbolo @ foi escolhido.

Na internet, é comum que certos grupos a utilizem como equivalente à letra "a".

O símbolo também é utilizado para indicar os dois gêneros em uma palavra, em vez de colocar o feminino entre parênteses, como seria o certo.
============================

Arroba (do árabe الربع; "ar-rub", a quarta parte) é uma antiga unidade de medida de massa usada em Portugal e no Brasil; de massa e volume usadas na Espanha e na América Latina; e de massa do sistema imperial de medidas. Seu símbolo é @.

Como medida de massa, a arroba equivale originalmente à quarta parte do quintal, isto é, 25 libras ou 11,33980925 quilogramas. Porém, esse valor não é o único a ser utilizado. Em Portugal (onde ainda é utilizada para pesar a cortiça) e no Brasil (onde é utilizada para pesar os porcos e o gado bovino) equivale a 14,689 kg, sendo muitas vezes arredondada para 15 kg. Na região de Aragão, na Espanha, a arroba equivale a 36 libras (16,32932532 kg).

Foram esses dados que me dado conhecer, porem juntando-os aos seus ficamos com uma ideia muita mais ampla.
Um abraco amigo