segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Segundas-feiras!

Há quem odeie as segundas-feiras!
Começa-se a sentir ao domingo à noite, um cansaço antecipado, uma falta de paciência gigantesca e, não há dúvida, há pessoas para quem as manhãs do primeiro dia da semana são um autêntico pesadelo.
E a rotina começa: o despertador que toca, as crianças estremunhadas e rabugentas a quem é preciso vestir, não se despacham a beber o leite, autocarros que passam já cheios, as filas intermináveis de trânsito, ou para quem leva carro, é um pesadelo encontrar um lugar para estacionar e, depois, chefes e colegas igualmente apanhadinhos pelo síndroma da segunda-feira...
Segundo uma revista britânica de medicina, há mais probabilidades de se ter um ataque de coração à segunda-feira e é nesse dia que acontecem a maioria dos acidentes no trabalho.
Mas como tudo tem aparentemente uma explicação, isto devem-se a factores psicológicos, físicos e biológicos.
Depois de dois dias sem horários e em que se gasta o tempo da forma que mais gostamos, é duro voltar aos toques do despertador e às obrigações que cada um arranjou para si, sabe-se lá porquê.
Na opinião dos estudiosos destes assuntos, a explicação é tão simples que se torna complexa: aos fins de semana, as pessoas deitam-se tarde e levantam-se mais tarde, passando a haver um factor biológico semelhante ao jet-lag.
Quando o corpo habituado a levantar-se às sete, está dois dias a levantar-se ao meio-dia, fica baralhado e portanto na próxima noite (domingo), recusa-se a adormecer à hora habitual e assim, quando o despertador na segunda-feira toca às sete, ele simplesmente reivindica mais umas horas de sono.
No domingo à noite, o inconsciente começa a lembrar-se das coisas chatas que costumam acontecer nos principios de semana ou aquilo que se deixou pendente lá no emprego e que tem de ser resolvido logo à chegada...
Mas a boa notícia é que, se odeia as segundas-feiras é porque provavelmente adora os seus fins de semana?!
Bom, segundo os estudiosos, é tudo uma questão de organização: evitar deitar-se demasiado tarde aos fins de semana, não comer demasiado antes de se deitar, recomendam também que se deve acordar apenas uma hora depois do habitual e, no domingo antes de se deitar, deixar tudo organizado de forma a não ter desesperos de manhã, à procura das coisas meio ensonado, porque isso lhe vai estragar o dia.
Texto adaptado da revista Noticias Magazine

2 comentários:

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA disse...

Bem os cientista sempre lá arranjam maneiras de explicar o que não tem explicação, mas enfim.
Nos meus tempos de policia, com uma carga de horário bem pesada, não havia esses complexos nem essas complexidades, que os cientista dizem.
Passei muitos dias seguidos nem pregar olho, fosse segunda-feira ou qualquer outro dia da semana, e felizmente nunca tive esse tipo de Jet leg, antes pelo contrário.
A ciência é um meio de transmitir o pensamento de alguns, mas que nem sempre é a realidade.
Um abraço amigo

Anónimo disse...

Olá amiga
Ai, ai, as segundas-feiras para mim, não têm explicação, são sempre chatas, anda tudo com a neura logo de manhã, mas o resto da semana, suporta-se. Nunca mais sou rica!
Beijinhos
Sissi