sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Doutor Bactéria


Existem alguns mitos urbanos que nos levam a cometer diversos erros no nosso dia a dia, por isso, aqui vão alguns conselhos do Doutor Bactéria, que pode imprimir e pendurar no "memo" da sua cozinha.

Primeiro erro:
Muita gente evita guardar comida quente dentro do frigorífico.
O Dr. Bactéria derruba um dos mitos mais difundidos entre as donas de casa...
O único problema que pode existir é que vai aumentar um pouquinho o consumo de energia, mas não vai estragar de maneira alguma o seu frigorifico.

Segundo erro:
Mas nada disso adianta se você guardar no frigorifico o recipiente já com a tampa.
O ar frio vai-se concentrar na tampa e por isso vai demorar muito mais tempo para arrefecer.
As bactérias vão adorar! Então, coloque tudo sem tampa. Ao fim de 2 horas é que se deve fechar.

Terceiro erro:
A quantidade de detergente que costumamos pôr na esponja para lavar louça é mais um hábito condenado pelo doutor Bactéria.
O detergente nunca deve ser colocado directamente na esponja. Vai ser muito difícil livrar-se de todo esse detergente e temos que considerar a poluição nos esgotos e evitar o mais possível sobrecarregar o meio ambiente ou seja, evitar mais poluição. O resto do detergente que fica por vezes nos utensílios já lavados e que nós não detectamos, pode no futuro ser um problema para a sua saúde.
Para limpar sem exagero, bastam apenas oito (8) gotas de detergente num recipiente com 1 litro de água.

Quarto erro:
Nunca usar a tábua de madeira para cortar os alimentos.
Nas tábuas de madeira as bactérias estão a aplaudir porque se introduzem dentro da madeira, mesmo por muito bem lavadas que sejam! É por isso que nos talhos, a madeira é sempre raspada ao fim do dia.
No uso doméstico diário, deve usar sempre uma tábua de plástico que deve ser lavada com lexivia.

Quinto erro:
Normalmente as pessoas pegam na lata de leite condensado e fazem 2 buraquinhos minúsculos, um de cada lado. Sai o leite condensado por um lado e pelo outro, entra uma chuva de bactérias.
Para evitar isso, abra a lata inteira! Use um recipiente que pode ser de plástico ou de vidro e sirva-se sempre com uma colherzinha. Depois feche a tampa e guarde no frigorífico.

Sexto erro:
Lavar as carnes debaixo da torneira.
Primeiro, perde-se nessa lavagem muito dos nutrientes e depois a carne fica esbranquiçada, com mau aspecto.
Segundo: a contaminação que eventualmente possa existir, vai aumentar, porque aumenta com a quantidade de água e as bactérias vão penetrar mais ainda na carne.
A única carne que deve ser lavada, é a do peixe e só para tirar escamas e limpar a barriga.

Sétimo erro:
Oleos de cozinha depois de fritar alguns alimentos, como as batatas, o peixe, etc.
Muitas pessoas deitam pelos canos abaixo. Saiba que essa gordura é o pior inimigo dos esgotos e infiltra-se no subsolo podendo chegar aos lençois de nascentes, poluindo-as!
O planeta agradece se cada um fizer a sua parte, por isso pode meter o óleo inutilizado numa daquelas garrafinhas de plástico portáteis da sua água ou de outra qualquer e colocá-la simplesmente no lixo doméstico, pois ele é envolvido com os outros detritos nos fornos crematórios.

Oitavo erro:
Nem na hora dos parabéns o Doutor Bactéria perdoa!
Ao soprar a velinha do seu bolo de aniversário, muitas vezes o que resta do bolo ali fica na mesa, de um dia para o outro.
Alguns testes comprovam que o bolo fica contaminado com as bactérias de saliva.
Esta bactéria produz uma toxina que pode ocasionar intoxicações com 24 horas de vómitos e mal-estar. Por isso, evite deixar o bolo fora do frigorifico.

E já que se falou no bolo, não nos podemos esquecer das formigas. Provalvemente não se importaria de encontrar uma alegre formiguinha em cima do seu bolo, não é verdade?! E se fosse uma barata?
Que nojo! É claro que você atiraria logo o bolo para o lixo. Mas se pegarmos numa barata, matá-la e deixá-la no meio da cozinha, no dia seguinte, onde estará essa barata? Desaparece, não é verdade?
Quem a levou?
AS FORMIGAS, pois claro!
Talvez uma daquelas formigas que estava em cima do seu bolo e não achou que tivesse importância...
Pois fique sabendo que as formigas são consideradas os maiores agentes transmissores de bactérias, mais do que a própria barata!
É... as formigas são bonitinhas, têm um ar inofensivo mas... são ordinárias e é um erro ignorá-las .
Por isso, comida que seja invadida por uma formiga, só pode ter um destino: LIXO!

E pronto! Se levar à risca todos estes conselhos, evita assim alguns contágios e futuros problemas para si e para a sua família.
Muito mais haverá para dizer, mas por hoje, já temos quanto baste e agradecemos ao Doutor Bactéria por todos estes preciosos conselhos.

3 comentários:

Anónimo disse...

Obrigado pelos conselhos!

Aproveito para dizer que "utencílios" é com "s" e "enimigo" é com "i" no início.

Irene Abreu disse...

Ao Sr. Anónimo!
Muito obrigada pelas pelas pertinentes emendas que já rectifiquei.

Anónimo disse...

Olá amiga
Essa do bolode aniversário que fica com os micróbios a "fermentar" é que me deixa de cara à banda. Vá lá uma pessoa fiar-se num simples sopro...
Beijinhos e obrigada pelos conselhos.
Ana