quinta-feira, 22 de outubro de 2009

A Formiguinha

As formigas são uns bichinhos incomodativos quando nos invadem a cozinha ou os nossos alimentos.
Mas no outro dia, vi uma formiga que transportava uma grande folha que deveria ter, no mínimo, dez vezes o seu tamanho e, isso despertou-me a atenção por parecer que a folha caminhava sozinha…
A formiga carregava-a com enorme sacrifício, ora arrastando-a, ora colocando-a sobre a cabeça. Mas o pior, era quando o vento batia e a folha tombava, fazendo-a cair também, mas ela não desanimava e, aos tropeços, com uma obstinação fora do comum, caminhando, lentamente, até chegar à entrada de um buraco, que devia ser umas das entradas da comunidade.
Eu observava todo o processo e respirei aliviada por ver que ela tinha chegado,
finalmente, ao seu destino, terminando a pesada tarefa. Mas que ilusão a minha, porque afinal a folha era maior que o buraco, o que fez com que ela a largasse e entrasse sozinha.

Murmurei desanimada: - “ora vê tu, tanto trabalho e sacrifício para nada,agora tens de abandonar o teu fardo. Não vias que isso era demasiado grande e pesado para ti?” Mas enganei-me! Mal tinha terminado a frase e logo a seguir apareceram mais formigas, que começaram a cortar a folha em pedaços pequenos e, em pouco tempo, a grande folha desapareceu para dar lugar a pequenos pedaços que, por sua vez, desapareceram, rapidamente, dentro do buraco.

Fiquei ali, a pensar no esforço da formiga e no trabalho em equipa.
Quantas vezes desanimamos diante de certas tarefas ou dificuldades?
Se a formiga tivesse olhado para o tamanho da folha, se calhar tinha desanimado e não teria começado a transportá-la, foi por esta persistência e inegável força de
vontade que passei a admirar estas trabalhadoras, criaturas de Deus.
Quem me dera ser como a pequena formiga, ter aquela tenacidade para poder “carregar” as dificuldades do dia-a-dia, sem desanimar diante das quedas.
Quem me dera ter sempre a humildade para partilhar com os outros, o êxito da chegada, mesmo que o caminho tenha sido solitário, tal como a formiga teve inteligência para dividir em pedaços, o fardo que se lhe apresentou grande demais nunca tendo desistido do seu projecto, mesmo quando ventos contrários a fizeram cair e obrigaram a recomeçar, talvez pensando nos que dependiam dela, superou as adversidades e renovou as forças para prosseguir na sua árdua tarefa.

O que desta lição se conclui, é que os sonhos não morrem, apenas estão adormecidos na nossa alma.

NOTA: As pequenas formiguinhas, não são tão insignificantes como o seu tamanho o demonstra. Pelo contrário, são gigantes perante o trabalho e o sacrifícios na construção e manutenção da sua comunidade. Cientistas curiosos, decidiram descobrir até que ponto, seria feita a construção do seu mundo subterrâneo e para espanto de todos, apareceu uma maravilha escondida aos olhares dos humanos.
Raro exemplo de unidade, a qual muito temos de aprender...
Aqui fica o vídeo do youtube:

7 comentários:

Anónimo disse...

Estimada Amiga e Ilustre Historiadora Irene,

Esta belissima história da Formiga é uma lição, que nós humanos deviamos aprender e seguir, não fazer como a Cigarra, mas sim como a Formiga.
Muitos obstáculos tive que ultrapassar, tal Formiga, mas graças à minha preserverança e com a Graça de Deus consegui ultrapassar.
Oxalá todos nós, no nosso dia a dia tenhamos a força dessa Formiga.
Adorei, um abraço amigo

Anónimo disse...

Ola amiga!
Finalmente apareces! Estava preocupada, porque nem apareces no blog. Adorei esta postagem e como sempre estas historinhas, conseguem deixar-nos ficar a pensar na vida!
Beijinhos.
Sissi

Zé Carlos disse...

Minha amiga querida, Irene, ótima a sua reflexão da Formiguinha...

Obrigado pelas suas visitas mesmo sendo super ocupada!!!

Bjs do Brasil.... e do ZC

Zé Carlos disse...

Voltando ... eu fico encantado, vendo seu Live Traffic Feed de como os brasileiros te adoram!!!

Também, com uma simpatia como a sua !!!

Bjs

Sereia disse...

O que desta lição se conclui, é que os sonhos não morrem, apenas estão adormecidos na nossa alma.
Lindo!!!
Parabéns...
Bjsssssssssssss

Thabi Rapozinha disse...

deixarei este vídeo sobre as formigas: http://www.youtube.com/watch?v=PsI2u9DyMXc&feature=player_embedded

garanto que é pequenoe vale a pena assistir.

Sou uma grande admiradora da natureza e as formigas e de importanticia fundamental as nossas vidas... as vezes olhamos um insetoe parece estupido, incomoda, nos atrapalha é sujo e etc...mas grande equivoco e ignorância de nossa parte pensar assim
podemos tirar valisas lições de vida com esses pequenos animais, incluindo nossas vidas dependem direta e indiretamente de todo o sistema ecologico. As formigas como comentados aqui são tão e até mais importantes como polinizadoras do que as aves, pq além de espalhar as sementes das árvores, elas limpam e as carregam consigo para dentro de suas tocas posibilitando o aproveitamento de 100% da sente...

beijos

Anónimo disse...

Ah que linda história amiga! E o filme? É fantástico o que aqueles bichinhos tão pequeninos conseguem fazer. Acredita que passei a ter mais respeito pelas formigas.
Beijos
Sissi