sexta-feira, 23 de outubro de 2009

A pressa...


AINDA DIZEM QUE AS MULHERES JÁ NÃO SÃO TRATADAS COMO RAINHAS...

De facto, ainda há cavalheiros que se preocupam com o bem estar da sua dama.
Amor, romance, é isto mesmo! Há que manter a chama sempre acesa, com gestos carinhosos, pequenas atenções, simples que sejam, fazem uma mulher feliz.

A felicidade é a única coisa que podemos dar, sem possuir (Voltaire)

Repare como estes pequenos gestos, são de uma beleza inigualável. Ter tempo para passear, para um encontro de amigos, olhar à volta e sentir que o mundo está conspirando a nosso favor...
Chega de pressa!
Um dia vai chegar à conclusão que não vale a pena tanta correria, para ganhar dinheiro e não o usufruir.
Vai ver que o tempo passou e o cansaço tomou conta do seu corpo.
Vai ver que, mesmo rodeado de muita gente, vai sentir-se só...
Um dia vai recolher-se no seu quarto e ter vontade de abraçar o travesseiro, porque não sobrou ninguém para o abraçar...
Teve tudo e não sentiu nada. Um dia você verá que o tempo escoa tão rápido como a areia fina pelos seus dedos.
Vai ver que não tem mais ilusões e a esperança anda adormecida...
Um dia vai ver que passou pela vida sem viver.
Não vale a pena você ter dinheiro, sucesso, riquezas se não tiver pessoas para compartilhar essas alegrias.
Dê valor e respeite as coisas mais queridas, aquelas que vivem no seu coração. Apegue-se a elas como à própria vida, porque sem elas, a vida carece de sentido.
Seja qual for a idade, há sempre novas oportunidades para se viver novos sonhos, novos projectos, novos amigos e, quem sabe? Um novo amor!
Faça o favor de ser feliz!

5 comentários:

Zé Carlos disse...

Irene querida, as mulheres desde o início do mundo são as Rainhas. Existem muitos que não confessam mas no fundo sentem assim também.

Um lindo final de semana.. bjs

Sereia disse...

Obrigado minha querida pelo seu comentário, fiquei imensamente feliz....
Seus textos são de uma sabedoria única,parabéns pela escolha e pelo bom gosto...
Um beijo grande...

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA disse...

Estimada Amiga e Ilustre Romancista Irene,

Que mais palavras terei eu para acrescentar a seu belo texto?
Nehumas, pois está tudo maravilhosamente descrito, são esses jeitos esses carinhos que vou tentando distribuir ao longo doa anos, e é bem verdade as mulheres são umas Rainhas, mas existem, ainda, muitos Reis crueis.
Um abraço e óptimo fim de semana, prelongado.

Luis F disse...

Nestes mundos, aproximamos as pessoas... a distância deixa de ser barreira... Mais um belo texto que aqui encontro.

Parabens pelo mesmo

Bj
Luis

Anónimo disse...

Eh, eh, eh, que fotografias curtidas consegues arranjar sempre.
Adorei estes últimos post.
És o máximo!
beijão grande e saudoso.
MariaA