terça-feira, 30 de junho de 2009

Educar & Ensinar


Numa escola oficial estava a ocorrer uma situação inusitada: uma turma de miúdas de 12 anos, que usavam baton todos os dias, removiam o excesso, beijando o espelho da casa de banho.
O director andava bastante aborrecido, porque a senhora da limpeza tinha um trabalho enorme para limpar o espelho ao final do dia.
Mas, como sempre, na tarde seguinte, lá estavam as mesmas marcas de baton.
Chegou a chamar-lhes a atenção durante quase 2 meses, e nada mudou, todos os dias acontecia a mesma coisa, até que um dia.... o director juntou as meninas e a senhora da limpeza na casa de banho, explicou pacientemente que era muito complicado limpar o espelho com todas aquelas marcas que elas faziam por todo o espelho todos os dias.
Após uma hora de conversa, e elas com cara de gozo, o director pediu à senhora "para demonstrar a dificuldade que ela tinha com esse trabalho".
A senhora da limpeza imediatamente pegou no pano, molhou na sanita e passou no espelho. Nunca mais apareceram marcas no espelho!!!!

"Há professores e há educadores".

O mundo inteiro preocupa-se e pensa em deixar um planeta melhor para nossos filhos... Quando é que “pensarão” em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"

Uma criança que aprende o respeito e a honra dentro de casa e recebe o exemplo vindo dos seus pais, torna-se um adulto comprometido em todos os aspectos, inclusive em respeitar o planeta onde vive...

Precisamos começar JÁ!

6 comentários:

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA disse...

Foi uma lição pedagógica de alto nível, ao ler esta bonita história me recordo dos meus tempos de aluno na primária, onde om professor esse não avisava, usava sim a régua de marmeleiros que muitas marcas me deixou na mão, mas a lição essa era sempre aprendida e até hoje delas não mais me esqueci.
Adorei, estimada amiga e Ilustre Romancista Irene.

Anónimo disse...

Já ca faltava...

Anónimo disse...

Amiiigaaa!
Tudo bem contigo? Finalmente tenho algum tempo para vir espreitar o teu blog e adorei as tuas historinhas, poemas, fotografias. Tens um blog muito giro. Menina! Isso deve dar um trabalhão.
Cá fico à tua espera!Beijocas.
Necas

Anónimo disse...

Infelizmente os paisinhos hoje em dia, deixam as criancinhas fazerem o que lhes dá na gana e é ver cada cena de birras e má criação de se lhe tirar o chapéu. Esta geração não sabe educar os filhos e o pior é que são o que nos vão governar daqui a uns anos!

Anónimo disse...

Começar já? Devia ter sido ante-ontem...
Agora é tarde, o planeta está demasiado doente para ser curado e a prova disso são as desgraças "naturais"...
o pior de tudo, é a indiferença da maioria dos governos, porque quem vier atrás... que feche a porta!!!!

Rock-a-Go disse...

Olá Irene, finalmente tenho blog, mesmo não sendo pessoal, sempre dá para ir mimando por aqui.

É com alguma pena que observo a falta de credibilidade que existe entre os teus seguidores, nos pais de hoje.

Como mãe recente posso dizer que faço tudo o que posso para educar da melhor forma possivel e com alguma arrogância, terei q afirmar, que existe maus pais hoje como existiam antigamente... a única diferença é que os filhos de hoje nasceram numa sociedade cheia de ofertas e de facilidades, o que às vezes torna dificil a acção educativa de qualquer pai... principalmente quando em casa se educa e cá fora se deseduca.

Beijos (suzana • lisboa • filhota da Maria eheeh)