sábado, 4 de abril de 2009

Momentos


A vida é um enigma! Ao mesmo tempo em que nos deixa tristes com um problema ou com uma doença, mostra-nos a sua beleza num belo arco-íris ou o mar a beijar a areia de uma praia. O que me encanta é saber que cada segundo é único.
Ás vezes fico admirada quando observo um pôr-do-sol e fico a pensar: “O pôr-do-sol de amanhã será diferente”. Apesar de contemplá-lo do mesmo local, as nuvens terão outras cores e tamanhos, o ar outra temperatura, o vento terá outra direcção e a sua velocidade certamente será diferente, as árvores já terão perdido algumas folhas velhas e terão outras novas, os pássaros estarão pousados noutros galhos. Eu também não serei a mesma: já terei adquirido mais algumas horas de vida, mais um pouco de experiência, outros acontecimentos alegraram ou entristeceram a minha alma, também já terei envelhecido um pouquinho mais...
Costumo e gosto de caminhar à tarde, quando saio do emprego. Aos fins de semana vou com uma amiga. Temos o hábito de passar sempre pelas mesmas ruas, mas embora ela se queixe que os nossos passeios são uma rotina, não concordo. As pessoas, os carros, as crianças que jogam à bola ou correm nas suas bicicletas nas calçadas, não são sempre as mesmas, para mim isso não é uma rotina..
Tem dias que sinto os cheiros fortes vindos dos restaurantes, outros, o aroma das árvores vindo das zonas arborizadas onde passamos. Os assuntos da conversa com a pessoa que me acompanha também não são sempre os mesmos: sobre o emprego, a família, os colegas, os filhos, planos para as férias, etc.
E penso: Que coisa bem feita! Na realidade, a rotina não existe. Nós é que a fazemos, sentimos que é tudo repetitivo, quando não observamos o que acontece à nossa volta. É uma pena! Por distracção, muitas vezes deixamos a vida passar sem desfrutarmos da sua beleza! Fiquemos atentos pois, a esses momentos únicos, mesmo os mais simples.

1 comentário:

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA disse...

Estimada Amiga e Ilustre Romancista Irene.

Sem dúvida alguma que não existe a rorina, pouco cada segundo que passa é bem diferente, até duas simples gotas de água tem a sua diferença.

Como foi lindo contemplar o pôr o sol todas as vezes que vi e como é lindo continuar a comtempla-lo agora, sempre existe algo de mágico de diferente em tudo.
E nós a cada momento que passa se estivermos atentos ao que nos rodeio poderemos ter essa percepção.
Nos dia de hoje, com o stress em cima de quase todos, não têm tempo para poder gozar de tudo aquilo que Deus nos deu e bem perto se encontram de nós, é só nós paramos um bocadinho, pretarmo atenção e nosso coração ficará, por certo, mais bem recheado de coisas belas que a natureza e Deus nos oferecem.

Uma vez mais adorei a sua bela escrita e seu maravilhoso pensamento, o qual demonstra saber viver e apreciar a vida.
Um feliz Domingo de Ramos, um abraço amigo.