segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Girassóis com... Noivas!


O nome pode provocar uma certa curiosidade e até algum espanto, mas ninguém que tenha sensibilidade para o que é belo, pode resistir à tentação de ficar a admirar esta beleza que cativa o espírito ao ver um número tão grande de girassóis, que, com a sua grande cabeça amarela virada para o sol, ali estão a ondular ao sabor da brisa.

Este fim de semana, fomos passear na China, para os lados de Cantão (Guangzhou). Foi um fim de semana bastante proveitoso, pois visitámos este Jardim dos Girassóis, fomos ao Circo, ficámos no fantástico hotel e no dia seguinte foi a vez de um divertido safari... mas vamos primeiro ao "Jardim dos Girassóis", que fica na cidade de Panyu, distrido de Guangzhou.
Este parque oferece-nos um espantoso espectáculo ecológico conhecido pelo "Jardim de um milhão de girassóis" e foi nomeado para figurar no "Guiness Book".
Este espaço está florido todo o ano e para criar este jardim, foram utilizadas outras variedades, entre elas, o girassol vermelho e ainda sementes vindas da Europa e do Japão,

que deram esta bela imagem, que mais parece uma tela do famoso pintor Van Gogh, onde a imaginação do ser humano de braço dado com as invenções de métodos cientificos e de engenharia genética, foram bem conseguidas.
O melhor negócio para aproveitar esta beleza, é o de fazer poster e cartazes que anunciam vestidos de noiva, aproveitado por uma agência de modelos.
E assim, salpicando os campos amarelos de vestidos brancos de noivas, vários modelos posam para as câmaras fotográficas, dando um colorido alegre e único a este cenário.

Aqui está uma das noivas a preparar-se para mais uma sessão fotográfica.

Outra noiva modelo com um lindo vestido que fará sonhar com o "grande dia" outras tantas jovens...

Um intervalo para retocar a maquilhagem da modelo e fazer novo penteado.
Uma chamada de casa ou um novo convite de trabalho?

Aparentemente, parece ser um trabalho divertido, pois estas modelos sorriram sempre para quem as observava, como nós, com uma certa curiosidade.

Este é um dos resultados finais das fotos tiradas neste recanto de sonho, afixado num dos placards distribuídos por um corredor de fotos artísticas destes modelos.

Mas há quem aproveite qualquer canto para dormir, indiferente à beleza que o rodeia ou, cansado das emoções do dia...

E, como diz a lei de Lavoisier "na natureza nada se perde, tudo se transforma", os nossos queridos girassóis, depois de cumprirem a sua função de embelezar os nossos olhos, quando morrem, são vendidos para se retirarem as suas sementes para diversos usos medicinais e não só...
As sementes de girassol, depois de secas e salgadas, podem consumir-se como aperitivo e empregar-se também na alimentação humana e de aves, porque para além de conter uma quantidade de nutrientes, são uma fonte de vitamina E, cálcio e fósforo, tendo por isso muita procura.

Quando florescem os girassóis,
de uma alegria amarela e escandalosa,
são sóis dos mundos interiores;
Florescem pensamentos e amores,
como gotas de sol caindo na terra,
nas águas, na serra,
como se ali morasse a felicidade.

Plante o seu jardim e decore a sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. William Shakespeare

CHIMELONG INTERNATIONAL CIRCUS

Nesse fim de tarde, foi a vez de irmos assistir a um espectáculo de um famoso circo. Foi de facto impressionante, pois naquele enormíssimo espaço, cabiam mais de OITO mil espectadores. Segundo os folhetos, desfilaram os 300 melhores artistas de circo de 20 países diferentes e ainda algumas centenas de animais, utilizando ao mesmo tempo, uma alta tecnologia de sons, cores, luzes que produziram efeitos muito especiais e que levaram todos os espectadores ao rubro, explodindo em constantes aplausos.

Impressionante... a não perder se vierem para estes lados...

3 comentários:

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA disse...

Estimada Amiga e Ilustre Romancista Irene,
Todas essas belas fotos que posto neste seu relato do passeio, são dignas de um belo quadro.
Eu, igualmente visitei, amiudamente,não partes ou circos ecologicos, mas sim plantações de girassois a perder de vista, porém sem noivas rsrsrs, o enamorado era eu e ia acompanhado de minhas três filhas.
A minha estimada amiga como pode ver, foi e bem acompnahada pelo seu gentil esposo.
O local que visitei, e foi nesta quadra do ano, foi os campos de Lop Buri e Sara Buri, na Tailândia, locais maravilhosos, que possuem uma história riquissima, no Palácio de Lop Buri foi rodado o filme I and the King.
Esta duas pequenas cidades distam de Bangkok cerca de 140 kms., possuem óptimos hoteis a preços bem convidativos, um deles o Lop Buri Hotel.
Como sempre adorei sua história.
Um abraço amigo e por favor vá viajando e se poder entre as flores!...

Sereia disse...

Boa tarde amiga!!!
Que postagem maravilhooooooooosa...
Vc está na china?
Me conte mais detalhes vou adorar saber como é estar do outro lado do mundo,já q nunca saí de São Paulo,rsrsrsrsr
beijos amigaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Ro disse...

Gente, que coisa linda... Amei demais. Eu sou amante incondicional dos Girassóis... Achei esse lugar fantastico. Já estive em um campo de Girassóis e a magia é mesmo espetacular! Uma amiga minha me passou o link do seu Blog dizendo que lembrou de mim e que eu idia adorar, simplesmente amei! Os Girassóis nunca morrem... Eternizam-se!
Viajarei sempre por entre os amarelinhos...


Parabéns pela bela postagem!
As fotografias são lindíssimas!