quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Matemática de mendigo

Preste atenção a esta interessante pesquisa de um estagiário de Matemática.
Quando um mendigo lhe aparece a estender a mão para lhe pedir uma esmola, vamos dar como exemplo: quando o seu carro está parado num sinal de trânsito! Este sinal muda de estado em média a cada 30 segundos (trinta segundos no vermelho e trinta no verde).
Então, em cada minuto, um mendigo tem 30 segundos para faturar pelo menos € 0,10, o que numa hora dará: 60 x 0,10 = € 6,00.
Se ele “trabalhar” 8 horas por dia, 25 dias por mês, num mês terá facturado: 25 x 8 x 6 = € 1.200,00.
Ok! 6 euros por hora, é uma conta bastante razoável para quem está no sinal, uma vez que, quem doa, nunca dá somente 10 cêntimos e sim 20, 50 e às vezes até € 1,00.
Mas, tudo bem, se ele facturar metade: € 3,00 por hora terá € 600,00 no final do mês, que é o salário de um estagiário com uma carga horária de 35 horas semanais ou 7horas por dia.
Ainda assim, quando ele consegue uma moeda de € 1,00 (o que não é raro), ele pode descansar tranquilo debaixo de uma árvore por mais 9 mudanças do sinal de trânsito, sem que nenhum chefe lhe moa o juízo por causa disso.
Mas considerando que isto é apenas uma teoria, vamos ao mundo real e… material:
Na posse destes dados, fui entrevistar uma mulher que pede esmola, e que sempre a vejo trocar os seus rendimentos na Panetiere (uma padaria em frente ao CEFET). Então perguntei-lhe quanto ela facturava por dia. Sabem o que ela respondeu?
É isso mesmo, ganha entre 35 a 40 euros em média, o que dá (25 dias por mês) x 35 = 875 ou 25 x 40 = 1000, então dá € 937,50/mês e ela disse que não mendiga as 8 horas por dia.
Moral da História :
É melhor ser mendigo do que estagiário (e muito menos PROFESSOR), e pelo vistos, ser estagiário e professor, é pior que ser Mendigo...
Esforce-se como mendigo e ganhe mais do que um estagiário ou um professor.
Estude a vida apenas para se valorizar perante si próprio, mas… não esqueça, peça esmolas; é mais fácil e melhor que arranjar um emprego.
Lembre-se ainda de outra vantagem: um Mendigo não paga 1/3 do que ganha para sustentar um bando de ladrões “autorizados”.
E esta, hein?

4 comentários:

Sereia disse...

Boa tarde!!!
Oi pessoa linda,olha só, eu amei o texto apesar de ser professora,rsrsrsr..
Explendido!!!Foi de uma sensatez absurda...
Um beijo grande pessoa linda

Zé Carlos disse...

Menina querida
Eu como filho de professora tenho que concordar contigo sempre....

Infelizmente esta á a realidade e vc fala de Macau mas eu do Brasil e não há diferença.

Bjs do teu amigo, sempre na espearnça de que melhore!!!!

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA disse...

Bem, em Macau felizmente, não existem deste sortudos pedintes, nem se colocam junto dos semáforos, senão ainda seria passados a ferro.
Por vezes vemos alguns pedintes, profissionais, enviandos da China, mas presentemente é raro.
Mas bem feitas as contas esses mendigos são uns felizardos, se o Socrates souberes irá dar ordens para que seja cobrado o IRS rsrsrs.
Mas existem pedintes orgulhosos, alguns deles drogados, digo em Macau, uma vez um, filho de boas familias me pediu 30 patacas para apanhar um táxi e ir para casa, e eu lhe respondi prontamente, boa, 30 patacas olha eu pago 30 centimos para ir para casa, o melhor é você ir a pé, boa tarde.
Um abraço amigo

assolan disse...

tu é um (a) bosta , não conhece a verdadeira realidade dos mendigos, e fala tudo superficialmente . vocês todos são uns bostas , se é tão bom assim ser mendigo , por que motivo vocês se mandam da porra desse computador e vão pedir esmola na rua , hein ?