terça-feira, 10 de novembro de 2009

Hotel & Safari em Guangdong - China


Este é o CHIMELONG HOTEL de cinco estrelas, onde pernoitámos e... ficámos maravilhados, não só pela sua grandiosidade, pois integra-se num espaço de 350 hectares, tem 1500 quartos todos eles ao estilo africano, simples ou de luxo, dentro de um magnífico parque verde e outro para safari.
A decoração de todo o hotel, reflecte aspectos de África com algumas colunas, pilares e paredes, têm espalhados diversos animais, tais como girafas, ursos, tigres, aves, crocodilos, etc, que dão a sensação de andarmos realmente num espaço africano.

Entrada para a recepção do hotel.
O nosso quarto.

O design do hotel reflecte um espaço aberto, utilizando materiais naturais com uma incontável oferta de serviços e divertimentos...

...que conseguiu recrear um ambiente de descontração, previligiando os espaços ao ar livre com um belíssimo e extenso jardim, que muito se assemelha a uma "selva".

Pela sua situação central e um perfeito espaço de turismo e de negócios, não há dúvida que este será o lugar eleito para umas fantásticas férias, dado que este complexo inclui um Centro de Golfe, Parque dos Crocodilos (com um show), Parque Safari Xiangjiang, Circo Internacional, Parque Aquático e ainda um Parque Nacional "Paraiso", entre muitas outras distracções que esta zona de laser oferece aos seus visitantes.

Esta é a "pequena" sala onde tomámos o nosso café da manhã... havia um extenso buffet com iguarias do agrado dos hóspedes de todas as nacionalidades, desde à chinesa, passando pela americana e terminando na latina.
Finalmente partimos rumo ao safari.

XIANGJIANG SAFARI PARQUE

A primeira coisa que nos deram mal chegámos à entrada do parque, foi um mapa que nos deixou entre espantados e preocupados pelo seu tamanho: nem em três dias conseguiríamos ver tudo.

Aqui está o mapa que mostra as várias etapas tais como a Zona dos Primatas, Zona dos Tigres, Zona das Zebras, etc, etc.

Mas a guia tranquilizou-nos, pelos nossos próprios meios não seria possível e foi em 40 minutos, que um trem faria a volta para vermos os animais ditos "selvagens" no seu habitat natural...

Para nosso espanto e divertimento, a maioria dos animais, entre eles estes camelos, passeavam tranquilmente entre os carros dos visitantes.
Os animais, habituados a ver este tipo de intrusos durante vários anos a interferirem no seu quotidiano, mostraram-se indiferentes perante a curiosidade dos turistas, que enchem diariamente este seu espaço.
Muitos destes dromedários, chegavam a ficar algum tempo imobilizados frente aos veículos, o que provocava algumas filas de espera para se poder passar para os espaços seguintes.

A certa altura, ouviu-se muitas exclamações de espanto, pois ao longe avistámos o famoso Tigre Branco! Esta é a imponente imagem do animal, que a minha câmara conseguiu captar de longe.

Os enormes búfalos descansavam ao sol, sem se dignarem olhar para o movimento que os circundava...
Precisamente nesse momento, os tratadores começaram a fornecer comida aos diversos animais e aqui estão as zebras a comer com bastante apetite a sua ração diária.

O mesmo acontece com as girafas que, gentilmente, erguem os seus longos pescoços para devorar as suas ervinhas favoritas...

... sob o olhar atento do elefante que tinha acabado já a sua refeição, que consistira numa montanha de ervas e algumas guloseimas, que tínhamos visto quando passámos no seu espaço.
A sensação comum a todos nós, é que os animais eram muito bem tratados e pareciam perfeitamente integrados neste natural habitat, onde cada um fazia a sua vida, independentemente da sua raça ou estatuto. Infelizmente, o mesmo não podemos dizer dos humanos...

Terminada a volta de trem, fomos visitar a maternidade, onde alguns exemplares que ali tinham nascido, nos deixaram encantados.

Como por exemplo, esta filhota de chimpazé, que muito se assemelhava a uma criança humana, pois tinha acabado de acordar e ainda estremunhada, balançava-se ensonada, sem reparar nas dezenas de pares de olhos dos turistas, que a observavam através do vidro do seu "quarto" tornado público.
Outro bébé, uma gazela, que o tratador ainda alimenta a biberon.

Até nós tivemos o privilégio de ter durante alguns minutos um filhote de tigre-bébé ao nosso colo e alimentá-lo durante uns minutos. Foi uma sensação única, inegualável!

E então que dizem destes bébés pandas?

Parece mesmo um bonequinho de peluche? Estes foram os animais mais admirados e mimados pelo publico.

O nosso passeio pelo Parque continuou, desta vez entrámos na zona australiana, onde como não podia deixar de ser, encontrámos uma turminha de canguruz que preguiçavam pela areia.

Passámos pela zona das aves, onde havia muita variedade, desde papagaios brancos, vermelhos e verdes a flamingos...

... e terminámos no lago dos pelicanos e cisnes, onde descansámos um pouco para encetar a viagem de regresso a casa e... de novo à realidade do quotidiano.

4 comentários:

O Espírito do Tai Chi disse...

Cara amiga Irene,

É sempre um regalo para a vista e para a alma passar neste teu "blog". Transportas-nos a um "mundo de fantasia" que julgamos muitas vezes não existir.

Obrigado por isso.

António Serra

Anónimo disse...

Olá amiga
Que bom teres feito esta reportagem. Estou mesmo com vontade de conhecer a China. Realmente nem fazia ideia que mortais como nós, podemos ter acesso a estas maravilhas.
Beijinhos
Sissi

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA disse...

Estimada Amiga e Ilustre Romancista Irene,
Adorei ler o relato que fez sobre esse belo local e do magnifico hotel.
O meu filho mais velho um dia me convidou para ir até esse local, mas eu como ando sempre com um pé outro lá, fui para lá, Tailândia.
Em Bangkok existe um local parecido, mas não tão reuintado como esse, chama-se Safari World, que já visitei algumas vezes.
A foto que tirou dando de mamar ao tigre, me fez recordar à uns anos a esta parte, as minhas filhas dando de beber a um tigre, mas era bem mair que esse, foi numm parque perto da Pattaya, Milionstones Garden.
Como sempre adorei, um dia ainda irei até Cantão para conhecer esse local, para já estou de novo quase de viagem.
Um abraço amigo

Zé Carlos disse...

Que maravilha menina, gostei muito de acompanhar a sua viagem e de sua família.

Um lindo sábado, aqui amanheceu ... Bjs do ZC